Strange Magic (Magia Estranha)

Uma fábula musical inspirada em Sonho de Uma Noite de Verão. A história de um grupo de duendes, elfos, fadas e diabinhos em suas desventuras para conseguir uma poderosa poção. Embalado por canções pop das últimas seis décadas.

Filme americano de 2015, dirigido por Gary Rydstrom e produzido pela Lucasfilm.

Primeiramente, que trilha sonora maravilhosa! Amei assistir esse filme e também curtir músicas como “I Can’t Help Falling in Love”, “Tree Little Birds” e “Say Hey”. Ele começa numa maneira meio clichê e você jura que vai ser como qualquer história – os mocinhos numa área cheia de vida e cor, e o grande vilão com seus súditos em outra obscura e sem vida. E aí diante de todos os problemas e reviravoltas, os bonzinhos vão derrotar o mal. Mas não é exatamente isso que acontece. Pelo contrário, o enredo mostra que mesmo a pessoa que aparenta ser a pior de todas tem amor e algo bom a oferecer. E desse modo, romantizado e cheio de energia que te faz sorrir e querer dançar, você aprende que nem tudo é exatamente aquilo que parece. Às vezes, uma pessoa que se tem como ruim, agiu/age dessa forma por alguma razão ou acontecido. Só que nós estamos sempre julgando sem se preocupar que esquecemos a importância que é ter empatia e se colocar no lugar do outro, ou apenas fazer aquele esforço a mais para ser capaz de enxergar além do que se vê.

Você também pode gostar: