Primeira tatuagem – Dúvidas e Cuidados

tattoo

Então, havia dito num post anterior que iria me tatuar e esta é a primeira de pelo menos mais uma que está por vir. Em breve (sim, já) farei a segunda. Essa da foto eu fiz no dia 14 de abril, no estúdio Teresina Ink Tattoo com o Abel.

1. A tatuagem é em hebraico, não lembro o nome da fonte. A tradução é “Assim seja, pai. Amém (símbolo)”, e é a minha homenagem para meu pai que se foi em 2014, mas estará sempre comigo. 

2. Já vieram perguntar se sou de umas religiões estranhas. Não sou. Sou católica praticante, apesar de não concordar ou seguir algumas coisas. Eu queria fazer a homenagem em mim, não sabia direito que frase usar. Até que dei umas pesquisadas e resolvi usar tudo em hebraico. 

3. Não sei se na foto dá pra notar, mas minha tatuagem tem cerca de 6 a 7cm e o orçamento da minha foi R$120,00 e demorou uns 50min para ser feita. 

4. Quando você se risca, tem alguns cuidados e precauções para não inflamar, infeccionar ou algo do tipo:

– Ficar dois dias passando duas vezes Bepantol Derma no local suavemente. Eu passava umas 3x por medo e ânsia de cicatrizar logo.
– Ao banhar, passar sabonete no local, mas sem esfregar.
– É normal ficar saindo o excesso de tinta no processo de cicatrização.
– Depois disso, o recomendado foi passar a mesma quantidade de vezes no local um hidratante comum e de sua preferência durante uma semana. Eu ainda hoje passo pelo menos uma vez ao dia.
– Ficar sem comer frutos do mar, sushi, esse tipo de comida que pode causar a inflamação no local e evitar alimentos muito gordurosos até criar a casquinha e sumir. No meu caso, criou em menos de uma semana de tatuada, mas ainda esperei outra semana para voltar normalmente.

5. Sobre locais e níveis de dor baseado numa matéria do jornal Folha de S. Paulo: 

Muito pouca dor: ombros e antebraços
Pouca dor:
pulsos, coxas, panturrilhas e tornozelos
Dor moderada:
pescoço, testa, bíceps e baixo-ventre
Muita dor:
tórax, cotovelos, joelhos, barriga e canela
Dor extrema:
diafragma, costelas e peito dos pés

Como a minha é no ombro esquerdo não doeu quase nada! Ufa. Morri de medo antes de começar, mas depois dos primeiros minutos foi muito tranquilo. Espero ter tirado as dúvidas básicas de quem ainda não fez! Até

Continue Reading

Projeto — Uma tattoo por uma vida melhor

_20150412_195756

 

Em primeiro lugar se você é preso a esteriótipos e ao escutar ou ler sobre o assunto tatuagens já for tirando suas conclusões, peço que fique nu de todos esses pré-conceitos. Abra a sua mente. Um corpo “limpo” e um corpo “riscado” são a mesma coisa. É corpo. Penso que tatuagem é fazer das pessoas tela e nelas arte. Isso não tem absolutamente nada a ver com caráter e valores morais. Cara, não fique só reproduzindo pensamentos…Reflita!

Então, em breve farei minhas duas primeiras tatuagens (posto aqui assim que fizer) e andava pesquisando no Instagram através das hashtags – à propósito possui grande utilidade nas redes sociais, e encontrei um post relacionado ao trabalho desse tatuador incrível. Minha opinião é meio suspeita, pois sou uma eterna e grande admiradora de ações beneficentes. Aquilo de você realizar uma ação visando o bem do próximo ao invés do seu. Querendo ou não, há um retorno e ele é indubitavelmente único.

Estou falando sobre o Miro Dantas, ele tatua no estúdio Gellys Tattoo na Vila Madalena – São Paulo. E o que faz dele incomum nesse meio? Ele tem construído um belíssimo projeto chamado Uma tatuagem por uma vida melhor que visa proporcionar gratuitamente um atendimento às mulheres que passaram pela mastectomia e lutam contra o câncer de mama.

Em seu site há tudo sobre o seu trabalho (fotos/vídeos/textos) inclusive uma descrição breve sobre o projeto. Segue uma parte e caso você tenha interesse em conhecer melhor o trabalho do Miro, no final do post colocarei o endereço do Instagram, site, e-mail, etc. Aqui na minha cidade, Teresina, não conheço ninguém que faça algo assim, mas seria bom que outros tatuadores por aí se inspirassem e abraçassem essa causa. #lutacontraocâncerdemama

“Tenho visto muitos casos de câncer de mama, e quero de alguma forma contribuir com as mulheres que são seriamente afetadas com isso, muitas vezes tendo a autoestima literalmente mutilada por causa das cirurgias tão agressivas e necessárias.
Eu me proponho a doar uma tatuagem por mês, farei totalmente de graça, para as mulheres que já passaram por isso, falo porque já tatuei muitas delas e com um resultado muito positivo, vejo que a beleza das tatuagens feitas no local das cirurgias, de alguma maneira recuperaram essa autoestima, vaidade e feminilidade dessas mulheres e as ajudam a superar um pouco esse quadro.”


@mirodantas | sitemirodantas2009@gmail.com

Música sugerida: You Give Me Hope – Ryan Kirkland

Continue Reading